Notícias Sarandi

Prefeitura de Sarandi e Estado brigam para não vacinar presos

A Prefeitura de Sarandi e o Governo do Estado do Paraná desobedeceram prazo do Juizado Especial Criminal do município e não vacinaram os mais de 200 presos da cadeia pública local.

 

A informação foi publicada pelo Metro, nesta quarta-feira (18). De acordo com o jornal, as quatro celas da cadeia de Sarandi abrigam 220 detentos. A capacidade é de 48 presos.

Em março, o sarandipr.com publicou que a 15ª Regional de Saúde, de Maringá, negou pedido de vacinas pneumococo 23 para os presos de Sarandi. Um procedimento preparatório foi instaurado no MP (Ministério Público) (leia mais).

À época, a reportagem procurou a prefeitura, mas não teve retorno da assessoria de imprensa. Ao Metro, a prefeitura disse que “vai contestar a decisão porque a competência no fornecimento do imunológico é do Ministério da Saúde”.

“A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) informou que a PGE (Procuradoria-Geral do Estado) está recorrendo da decisão”, informa a reportagem do Metro.