MP apura “prejuízos” por falta de telefone e internet nas escolas de Sarandi | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

MP apura “prejuízos” por falta de telefone e internet nas escolas de Sarandi

A falta de linhas telefônicas e acesso à internet levou o MP (Ministério Público) de Sarandi a apurar “eventuais irregularidades” nos serviços prestadas pela Secretaria de Educação. Um inquérito já foi instaurado.

A apuração segue na 3ª Promotoria da Comarca de Sarandi. O inquérito civil público foi instaurado em 19 de junho promotora Daniela Cristina Arone Mogone. O prefeito Walter Volpato (PSDB) já foi notificado.

O inquérito visa apurar “eventuais irregularidades e prejuízos na prestação de serviços educacionais pelo Município de Sarandi, em razão da inexistência de linhas telefônicas e acesso à internet na Secretaria de Educação e nas unidades de ensino público municipal”.

Em 20 de junho, a promotora solicitou diretamente a Volpato informações e documentos sobre o caso. Ela também quis saber se o “alegado problema se estende para outras secretarias e órgãos desta municipalidade e, ainda, quais medidas eventualmente adotadas para sanar o problema”.

A promotora Mogone deu prazo de 15 dias para Volpato enviar as respostas à 3ª Promotoria.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.