As mortes do ano: Sarandi soma 20 homicídios em 7 meses

publicidade - anuncie neste espaço

As mortes do ano: Sarandi soma 20 homicídios em 7 meses

Chega a 20 os homicídios registrados em Sarandi entre janeiro e julho de 2017. O número representa 83,3% de todos os crimes registrados em 2016.

Em comum, os crimes têm o perfil das vítimas: homens, jovens e de periferia. Muitas das mortes carregam indícios de execução.

Outro fator comum nos homicídios é a presença de arma de fogo. Nos últimos meses, as forças policiais realizaram operações, mas poucas armas foram apreendidas.

Fevereiro teve o maior índice de mortes: seis. Junho vem em seguida com cinco homicídios. A Polícia Civil segue com investigações.

Homicídios

O sarandipr.com tem um banco com informações dos homicídios registrados em Sarandi mês a mês. Abaixo, o nome das vítimas. As fotos da imagem são de arquivo, redes sociais e do site do André Almenara:

Chega a 20 os homicídios registrados em Sarandi entre janeiro e julho. O número representa 83,3% de todos os crimes registrados em 2016.

Em comum, os crimes têm o perfil das vítimas: homens, jovens e de periferia. Imagem: sarandipr.com.

Janeiro: Cleberson Ferreira da Rosa Antonietti, 21 anos, e Émerson Garcia Ferreira, 33 anos, “Carpé”.

Fevereiro: Alexandre Yves da Silva Boa Sorte, de 22 anos, o “Bob”; Clayton de Almeida Souza, 34 anos; Thiago Pereira Jaques, 22 anos; Paulo Henrique de Oliveira Ramos, 21 anos; Jhonatan Rodrigo Sossai Silva, o “Kiki”, 20 anos; e Wesley Fernando de Oliveira, “Jacaré”, 27 anos.

Março: André Luiz da Silva, 30 anos, e Danilo Pereira Bueno, 31 anos.

Abril: Eliseu do Amaral Cardoso, 21 anos, e Diony Pereira, 29 anos.

Maio: Adelar Vargas Costa, o “Léo Careca”, 49 anos.

Junho: Keven Ademilson Francisco de Souza, o “Alemão”, 16 anos; Éberson Jesus de Sá, o “Fébem”, 29 anos; Willian Rodrigues da Silva, 19 anos; Isaías de Souza Barello, 53 anos, e Luiz Henrique Scandolai, 24 anos.

Julho: Jodemar da Rosa, 42 anos, e Edson Mateus do Nascimento, 32 anos.

Não entra

Ainda em março, foram mortos Alziro João Cordeiro, 53 anos, no Vale Azul, por um PM à paisana, e Edson Guilherme Maurício Miranda, 40 anos, no Monte Rey.

Estes dois crimes não somam às estatísticas de Sarandi. No caso de Cordeiro, a Policia Civil afirmou tratar-se de defesa pessoal por parte do policial. Miranda, antes de ser agredido por testemunhas, caiu de um muro.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.