Tribunal de Contas vai aferir "reais benefícios" das políticas públicas no Paraná | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Tribunal de Contas vai aferir “reais benefícios” das políticas públicas no Paraná

O TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) está implantando o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM). O objetivo é aferir os reais benefícios das políticas públicas para os cidadãos dos 399 municípios paranaenses.

Os resultados apurados pelo TCE-PR serão incorporados a painel nacional desses indicadores, disponível no site do Instituto Rui Barbosa (IRB) – órgão de pesquisas e estudos do sistema brasileiro de controle externo do gasto público.

Na avaliação do coordenador-geral de Fiscalização do TCE-PR, Mauro Munhoz, o IEGM poderá ser utilizado pelos gestores como uma nova ferramenta de planejamento e avaliação na esfera municipal.

É um instrumento para a análise de pontos de melhoria e também para explicitar as áreas em que a administração vai bem – afirmou Munhoz.

Nesta segunda-feira (15), a Coordenadoria-Geral de Fiscalização do TCE-PR iniciou o envio de sete questionários às prefeituras do Paraná. O IEGM é calculado a partir de informações apuradas em sete áreas: educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, cidades protegidas (Defesa Civil) e governança em tecnologia da informação.

Os questionários estão sendo enviados aos responsáveis pelas unidades de Controle Interno dos municípios e deverão ser respondidos, pelas respectivas áreas, até 9 de junho. O TCE-PR elaborou um manual completo do IEGM para orientar os gestores e servidores municipais no preenchimento dos questionários. Eles poderão esclarecer dúvidas por meio do Canal de Comunicação (Caco). Após receber os questionários preenchidos, o Tribunal fará a conferência sobre a veracidade das informações prestadas em um grupo de municípios.

Reconhecido como boa prática pela Organização das Nações Unidas (ONU), o IEGM foi concebido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e vem sendo adotado gradativamente pelos demais órgãos de controle externo brasileiros. A ampla divulgação dos indicadores contribui para a avaliação da gestão pública pelos cidadãos, fortalecendo o controle social.

Segundo o coordenador-geral de Fiscalização, o TCE-PR avalia a possiblidade de incluir o IEGM no escopo de análise das prestações de contas anuais dos municípios paranaenses nos próximos exercícios.

*Com informações do TCE-PR.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.