Notícias Sarandi

Equipe do CRM-PR faz indicativo de interdição ética da UPA, nesta sexta (7)

O CRM-PR (Conselho Regional de Medicina do Paraná) fará, na tarde desta sexta-feira (7), o indicativo de interdição ética da UPA Gustavo Farias, em Sarandi. A unidade passa por fiscalizações do Conselho desde o ano passado.

Segundo a assessoria de imprensa do CRM-PR, o município terá prazo de 90 dias para equacionar “as deficiências que incorrem na precariedade do atendimento à população”. A falta de materiais básicos e profissionais foram citados.

Em março, o SarandiPR.com publicou que o CRM-PR avaliava a possibilidade de interdição ética da UPA Sarandi. A medida não fecha a unidade, mas impede o médico de trabalhar no local (leia mais).

“Apesar do prazo de três meses, caso o serviço não demonstre possibilidade funcional ou ética e imponha risco à saúde dos usuários, poderá ser decretada a sua efetiva interdição a qualquer tempo”, ressaltou o CRM-PR.

15 horas

Está agendado para às 15 horas desta sexta (7) o encontro entre os representantes do Conselho, a secretária de Saúde de Sarandi, Sandra Jacovós, e o diretor da UPA, Allan Márcio. O MP (Ministério Público) e a Secretaria Estadual de Saúde também serão cientificados do procedimento.