Denúncia contra a Casa Lar Sarandi é levada às corregedorias do MP e TJ – SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Denúncia contra a Casa Lar Sarandi é levada às corregedorias do MP e TJ

A Regional Maringá do Foreas (Fórum Regional de Assistência Social) denunciou “irregularidades no funcionamento” da Casa Lar de Sarandi. A denúncia fala em “má alimentação” e processos de adoção “irregulares”.

Em dezembro de 2016, após ser acionado pelo Foreas, o CEAS (Conselho Estadual de Assistência Social) – os dois órgãos são ligados à Seds (Secretaria da Família e Desenvolvimento Social) –, levou o caso adiante.

Segundo Ofício de nº 137/2016 do CEAS, as irregularidades seriam má alimentação e isolamento social das crianças e adolescentes da Casa Lar de Sarandi. No local, ficam menores em situação vulnerabilidade.

A denúncia também cita “processos de adoção sendo realizados indevidamente, falta de técnicos e educadores, além de perseguição política aos funcionários que questionam tais irregularidades”.

O CEAS levou a denúncia ao CEDCA (Conselho Estadual dos Diretos da Criança e do Adolescente), que emitiu parecer favorável à apuração da denúncia. Veja:

Ao SarandiPR.com o CEDCA confirmou ter encaminhado a denúncia para as corregedorias do MP (Ministério Público) e do TJ (Tribunal de Justiça). “Aguardamos manifestação das instâncias”, disse o Conselho, por nota.

Já o CEAS, também por nota, informou ter notificado, em dezembro de 2016, a Promotoria de Justiça (área da Criança e do Adolescente – Comarca de Sarandi), o Conselho Municipal de Assistência Social e Conselho Tutelar de Sarandi.

Embora questionados, CEDCA e CEAS não informaram detalhes acerca das denúncias, sobretudo, a relacionada aos supostos processos irregulares de adoção.

Casa Lar

O SarandiPR.com apurou que, atualmente, há 12 menores na Casa Lar Sarandi. A falta de alimento foi confirmada, “devido às licitações que foram canceladas”, relatou fonte. Um educador técnico e uma assistente social trabalham na casa.

Outro lado

Na tarde desta quinta-feira (23), a diretoria da Casa Lar Sarandi não foi localizada no imóvel para comentar o caso. A reportagem solicitou entrevista com a secretária de Assistência Social de Sarandi, Josemara Belloso Seranini, o que não foi atendido.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, Josemara está de viagem na capital Curitiba.

Contatado pelo SarandiPR.com o MP (Ministério Público) ainda não se pronunciou.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.