Preso por queimar mulher com ferro de passar é denunciado à Justiça | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Preso por queimar mulher com ferro de passar é denunciado à Justiça

O segurança Flávio do Nascimento Marlos, 35 anos, foi denunciado pelo MP (Ministério Público) por tortura qualificada, ameaça e cárcere privado. Em janeiro, ele foi preso acusado de queimar o rosto da amiga de uma ex-companheira dele.

O caso aconteceu no dia 30 de janeiro, no Jardim América, em Maringá. Marlos foi à casa da ex-mulher, A.S.M., 35 anos, mas, no imóvel, encontrou a amiga dela, L.C.D.S., 20 anos, que passava roupa e foi ferida com o ferro de passar.

Para saber onde a ex-mulher estava, Marlos, segundo a polícia, torturou a amiga dela com o ferro. A vítima foi queimada na perna e no rosto. Ele foi preso no mesmo dia (leia mais).

A denúncia foi feita pela 1ª Promotoria de Justiça de Maringá, no último dia 22, à 5ª Vara Criminal de Maringá (Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e Crimes Contra Crianças, Adolescentes e Idosos). Marlos segue preso na cadeia pública de Maringá

Segurança queria reatar relacionamento a qualquer custo. Foto: André Almenara.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.