Homem trai, não aceita separação e mata mulher a facadas, em Sarandi | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Homem trai, não aceita separação e mata mulher a facadas, em Sarandi

Foi preso, nesta segunda-feira (2), em Sarandi, Josevaldo Antônio de Brito, 30 anos. Segundo a polícia, ele confessou ter matado a companheira a facadas. O assassino “perdeu a cabeça” após trair a mulher e não receber perdão.

Vanessa Ribeiro de Brito, 34 anos, foi morta na sexta-feira (30). O corpo dela foi encontrado na casa onde ela residia com o marido, na Avenida Borsari Neto, Jardim Independência 2º Parte.

De acordo com o BO (boletim de ocorrência) da PM (Polícia Militar), uma ligação feita à polícia por volta das 12 horas do domingo (2) passou informações sobre o crime. No imóvel, Vanessa foi encontrada com “várias perfurações de faca e a garganta cortada”.

Ainda no domingo, a Polícia Civil iniciou buscas por Brito, que estava desaparecido. O delegado titular de Sarandi, Reginaldo Caetano, chegou a elaborar o pedido de prisão do suspeito, que se entregou, já na segunda.

A motivação seria o rompimento do relacionamento, já que Brito admitiu ter traído Vanessa duas semanas atrás. Ele pediu perdão, mas a companheira não aceitou e quis separar. O assassino “perdeu a cabeça” e matou a mulher.

Segundo o delegado Caetano, o acusado confessou o crime. Ele ficou recolhido na cadeia pública de Sarandi. Brito será indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.