Notícias Policial

Homem trai, não aceita separação e mata mulher a facadas, em Sarandi

Foi preso, nesta segunda-feira (2), em Sarandi, Josevaldo Antônio de Brito, 30 anos. Segundo a polícia, ele confessou ter matado a companheira a facadas. O assassino “perdeu a cabeça” após trair a mulher e não receber perdão.

Vanessa Ribeiro de Brito, 34 anos, foi morta na sexta-feira (30). O corpo dela foi encontrado na casa onde ela residia com o marido, na Avenida Borsari Neto, Jardim Independência 2º Parte.

De acordo com o BO (boletim de ocorrência) da PM (Polícia Militar), uma ligação feita à polícia por volta das 12 horas do domingo (2) passou informações sobre o crime. No imóvel, Vanessa foi encontrada com “várias perfurações de faca e a garganta cortada”.

Ainda no domingo, a Polícia Civil iniciou buscas por Brito, que estava desaparecido. O delegado titular de Sarandi, Reginaldo Caetano, chegou a elaborar o pedido de prisão do suspeito, que se entregou, já na segunda.

A motivação seria o rompimento do relacionamento, já que Brito admitiu ter traído Vanessa duas semanas atrás. Ele pediu perdão, mas a companheira não aceitou e quis separar. O assassino “perdeu a cabeça” e matou a mulher.

Segundo o delegado Caetano, o acusado confessou o crime. Ele ficou recolhido na cadeia pública de Sarandi. Brito será indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil.