Manchete Notícias Sarandi

Nenhum vereador de Sarandi atual e eleito vai a protesto na Av. Colombo

Nenhum dos dez vereadores de Sarandi compareceu ao protesto contra o fechamento de dois cruzamentos da Avenida Colombo (BR-376), em Sarandi, nesta sexta-feira (23). Os seis eleitos nas eleições municipais também ignoraram a causa popular.

Os dois sentidos da Colombo (BR-376) foram fechados durante protesto de moradores e comerciantes. Eles são contrários ao fechamento dos cruzamentos da rodovia com as avenidas Rio de Janeiro e Inglaterra.

Na última semana, foi noticiado que a Viapar (Rodovias Integradas do Paraná) notificou a Prefeitura de Sarandi para o fechamento dos semáforos nos dois locais. A medida, seria recomendação do DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

Dos políticos ativos e eleitos para a próxima gestão em Sarandi, apenas Walter Volpato integrou a campanha dos moradores e comerciantes. O prefeito eleito se colocou contrário aos fechamentos.

Quero fazer um compromisso com vocês que, no próximo protesto, cada um vai levar mais cinco conhecidos. Porque estamos mexendo com a Viapar, uma empresa grande que abastece a grande mídia de Maringá – disse o prefeito eleito.

Não foram

O atual prefeito, Carlos de Paula (sem partida) se posicionou contra o fechamento, mas ignorou o protesto do fim da tarde de sexta. Os dez vereadores atuais – quatro reeleitos – e os eleitos para a próxima gestão também não foram.

Veja, abaixo, que são os vereadores atuais e eleitos por Sarandi que ignoraram a causa popular dos moradores do Jardim Independência e região:

Vereadores da atual gestão:

  • Adilson Marques da Silva (PC do B)
  • Ailton Machado (PDT)
  • Belmiro Barbeiro (PDT)
  • Cilas Morais (PSB) – reeleito
  • Erasmo Cardoso Pereira, o Erasmo da Saúde (PC do B) – reeleito
  • José Aparecido da Silva, o Nito (PP) – reeleito
  • José Roberto Grava (PSC)
  • Nelson Lima (PC do B)
  • Nildão (PPS) – reeleito
  • Rafael Pszybylski, o Rafael do Povão (PP)

Eleitos para 2017:

  • Aparecido Antônio, o Cido Polícia (PSD)
  • Dionízio Aparecido Viaro, Dionízio da Diocar (PSB)
  • Eliana Trautwen (PC do B)
  • Gilberto Messias de Pinas, o Gil (PRB)
  • Carlos Roberto Falaschi, o Leão (PDT)
  • André Luis Celestino Jardim, o Mineirinho (PDT)