Manchete Notícias Sarandi

Sindicato denuncia Prefeitura e MP pressiona Secretaria de Saúde

A falta de remédios, agulhas e soro na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Sarandi foi denunciada ao MP (Ministério Público) de Sarandi, nesta quarta-feira (23). A Secretaria de Saúde do município foi pressionada pelo órgão.

Leia mais: Se tiver semáforo, Av. Londrina será liberada no início de dezembro

A denúncia foi registrada na 1º Promotoria de Justiça de Sarandi pelo presidente do Sismus (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sarandi), Nilson do Nascimento, e um técnico de enfermagem da UPA.

Segundo o sindicalista, a promotoria se comprometeu a notificar a Secretaria de Saúde ainda nesta tarde. O MP iria dar cinco dias para a pasta solucionar a situação.

Na denúncia, a qual o SarandiPR.com teve acesso, é relatado a falta de soro fisiológico, material de pulsão e medicamentos básicos. Leia denúncia na íntegra:

denuncia-sismus-saude-sarandi

 

A reportagem tentou falar com a secretária de Saúde de Sarandi, Elizena Maria Garbelini Rodrigues, mas ela não foi encontrada. Uma funcionária informou que ela estava em reunião, atendendo a uma ligação do Ministério Público.