Sarandi já registrou 24 homicídios neste ano; Polícia esclareceu 12 | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Sarandi já registrou 24 homicídios neste ano; Polícia esclareceu 12

Foto: Angelo Miloch / SarandiPR.com.

Reginaldo Caetano, delegado titular de Sarandi. Foto: Angelo Miloch / SarandiPR.com.

A Polícia Civil de Sarandi já esclareceu 12 dos 24 homicídios registrados na cidade até novembro, 50% das ocorrências. A média local é dez vezes maior que a nacional: em todo o Brasil, apenas 5% dos casos são esclarecidos. Nove suspeitos pelos crimes foram presos.

“Tem dia que eu perco dois investigadores que poderiam estar no trabalho de rua, mas estão escoltando preso, por exemplo”, Reginaldo Caetano, delegado de Sarandi.

Só em novembro, foram quatro mortes (leia abaixo), além de dois atentados a tiros em que três pessoas foram baleadas em cada caso. No mais recente, no domingo do dia 27, um menino de três anos foi atingido.

Se compararmos com a média nacional, de 5%, nosso índice de esclarecimentos é alto, sobretudo se considerarmos nosso efetivo – destacou o delegado titular de Sarandi, Reginaldo Caetano, em entrevista ao Redação 91, da Rádio 91,3 FM.

De acordo Caetano, somado ao baixo efetivo, há o desvio de função.

Tem dia que eu perco dois investigadores que poderiam estar no trabalho de rua, mas estão escoltando preso, por exemplo – disse o delegado.

Caetano avaliou que Sarandi, pelo porte que tem, deveria ter mais duas delegacias. Segundo o delegado, a legislação determina uma delegacia para cada 30 mil habitantes. Em setembro, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística) estimou que a cidade tem 91,3 mil moradores.

Procurada pelo SarandiPR.com, a Sesp (Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária) do Paraná não comentou o desvio de função citada pelo delegado. A pasta também não falou sobre a construção de novas delegacias em Sarandi.

Novembro

Por volta das 1h do sábado (26), Luiz Hernandes da Silva Eskildersen, de 21 anos, morreu após ser baleado e capotar o carro, na Rua Campo Grande, Conjunto Floresta. Ele levou três tiros, tentou fugir, mas perdeu a direção do carro e colidiu contra uma casa.

Momentos antes, as 23h30 da sexta-feira (25), na Rua Projetada A, Conjunto Triângulo, Gabriel Henrique Rosa, 20 anos, foi morto com oito tiros. Os disparos acertaram as costas da vítima e a nádega.

Duas semanas antes, no domingo (13), Márcio Pasqualucci, 35 anos, foi morto enquanto participava de uma festa numa chácara do Vale Azul. Ele se envolveu em uma discussão e acabou baleado. O assassino fugiu após o crime.

Um dia antes (12), tarde do sábado, a vítima foi Gerson Ferreira de Andrade, 38 anos, que perdeu a vida ao cobrar uma dívida de um guarda roupas. O crime aconteceu na Rua Itiquira, no Jardim Esperança. Gerson foi baleado por dois motoqueiros.

Corpo

A Polícia Civil localizou, na tarde de quarta-feira (16), o cadáver de um homem enterrado em um quintal, no Jardim Novo Panorama, em Sarandi. A vítima é um homem com idade aproximadamente 30 anos.

O cadáver foi enterrado no quintal de um imóvel da Rua Cristovão Colombo. Uma pá carregadeira foi ao local fazer escavações. A vítima estava desaparecida há cerca de um mês.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.