Notícias Sarandi

Parede do rebaixamento da Colombo tem rachadura, diz vereador

Prestes a ser inaugurado, o rebaixamento da Avenida Colombo (BR-376), em Sarandi, apresentou rachaduras na parede, segundo o vereador Roberto Grava (PSC). A obra tem previsão de ser entregue em dezembro.

Durante sessão da Câmara de Vereadores de Sarandi, nesta segunda-feira (7), Grava protocolou requerimento solicitando informações ao presidente da Viapar (Rodovias do Paraná), concessionária que explora a rodovia e é responsável pela obra.

Isso não é feito para poucos dias, é pra muitos anos. A obra nem terminou e já tá tendo rachadura. É uma obra importante aí para o nosso município e pode estar condenada – disse o vereador.

Segundo Grava, há rachadura nas estacas coladas para segurar a parede do viaduto no trecho entre as avenidas Londrina e Borsari Neto. Ele pediu que o ofício seja encaminhado também ao MP (Ministério Público).

Travessia

Outro ponto levantado por moradores e comerciantes diz respeito à passagem entre a Avenida Borsari Neto e a Rua Pedro Galindo Garcia. A passarela entre as ruas não se encontram, forçando um curva fechada.

Desde maio, a travessia da Avenida Londrina está bloqueada em função das obras. A Viapar informou na internet que a liberação ocorrerá em dezembro, mas não especificou o dia. A obra é orçada em mais de R$ 40 milhões.

Viapar

A assessoria de imprensa da Viapar foi procurada, por email e telefone, no início da tarde desta terça-feira (8), mas, até as 18 horas, não comentou o caso, e disse aguardar retorno da engenharia.

Gostou deste artigo? Considere compartilhá-lo com seus amigos e curtir as redes sociais do SarandiPR.com.