Médicos das UBSs foram “muito humanos” e trabalharam sem receber | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Médicos das UBSs foram “muito humanos” e trabalharam sem receber

A humanidade dos médicos que trabalham na rede pública de Sarandi garantiu atendimento à população. Com salários atrasados, eles não interromperam os serviços, disse secretária de Saúde, Elizena Maria Garbelini Rodrigues.

Nenhum médico deixou de trabalhar por falta de pagamento. Eles foram muito humanos, e entenderam a situação – contou Elizena, ao SarandiPR.com.

Segundo a secretária, os médicos das UBSs, que são terceirizados, custam cerca de R$ 63 mil por mês à Prefeitura de Sarandi. Na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), os médicos são concursados, informou a Elizena.

Pagamentos

Os salários referentes à setembro e que ainda não foram pagos serão quitados até esta sexta-feira (18). Os vencimentos de outubro na próxima semana e, para os de novembro, já há verba em caixa, segundo Elizena.

Mesmo porque é um serviço contínuo. Nós não podemos deixar de pagar.

Elizena Maria Garbelini Rodrigues

Secretária de Saúde de Sarandi respondeu aos vereadores de Sarandi. Foto: Angelo Miloch / SarandiPR.com.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.