Grafiteiro tem celular quebrado durante abordagem da PM | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Grafiteiro tem celular quebrado durante abordagem da PM

O grafiteiro Isaac Kassiano, de Sarandi, teve o celular quebrado durante abordagem da PM (Polícia Militar), nesta sexta-feira (9). Ele fazia um grafite no momento do “desastroso enquadro”, que lhe restou em prejuízo de R$ 350.

Isaac é formado em design de interiores, e tem forte atuação na arte visual em Sarandi e cidades vizinhas. O grafite deixou de ser crime desde 2013, mas, “sem consentimento do proprietário”, e com uma bituca de maconha, ele foi levado ao plantão policial.

Policiais da ROTAM (Rondas Ostensivas Tático Móvel) abordaram Isaac por volta das 22 horas, na Avenida Borsari Neto. “Mão na cabeça, arma apontada, chute nas pernas, ignorância na fala”, segundo relatou o grafiteiro, no Facebook.

Os policiais retiraram objetos do bolso de Isaac e, durante a abordagem, o aparelho iPhone caiu e quebrou o visor. Após mostrar que portava uma “micro-baga” de maconha, o grafiteiro foi levado ao plantão policial de Sarandi.

Leia, na íntegra, o relato de Isaac Kassiano sobre a abordagem da ROTAM:

Aquele famoso abuso de autoridade.

Estava iniciado ontem anoite um desenho numa parede na AV. Borsari Neto.

Quando encosta a ROTAM.

Mão na cabeça, arma apontada, chute nas pernas, ignorância na fala.

Na abordagem colocaram meus pertences que estavam no meu bolso em cima da minha nuca sobre minha cabeça e eu de costas.

Pediram pra que eu virasse.

Quando virei caiu tudo no chão e na queda danificou o display do meu celular.

Perguntaram se eu tinha passagem, falei que não.

Sentiram o cheiro de cannabis, perguntaram se eu tinha algo, apresentei o que tinha, uma micro-baga que estava na carteira.

Resolveram me deter!

Fui de camburão até a delega.

No caminho, ouvia o PM por rádio amador dizendo

“Apreendemos um meliante arrebentando uma parede, pintando essas coisas lazarenta, Sarandi ta tudo pintado”

Chegando la fizeram mais perguntas, tive tempo pra me apresentar melhor, conversamos sobre politica, descobrimento do Brasil, revitalização dos espaços públicos.

Perceberam que não se tratava de um desinformado.

No relato colocaram que eu era um Grafiteiro profissional que avistou um muro abandonado para sua arte sem o consentimento do proprietário que fazia posse de uma bituca de maconha pequena ao ponto de impossibilitar o consumo.

Em Novembro tenho uma audiência no fórum.

E fui liberado…

Não tenho nada pra esconder, sou o que sou.

O foda e viver num lugar onde o exercício do pensamento não é prioridade.

Mentes engessadas, cérebros de férias.

Lamentável.

Na manhã deste sábado, Isaac levou o aparelho ao conserto, e gastou R$ 350. Ele não pretende cobrar o prejuízo na Justiça. O artista foi intimado e deverá comparecer ao Fórum, em novembro.

A assessoria de imprensa do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá, que também atende Sarandi, atende de segunda a sexta-feira, e não foi possível ouvir a corporação neste sábado.

Grafite

Abaixo, artes já realizadas em paredes e telas por Isaac Kassiano em Sarandi e cidades da região:

isaac-1

isaac-2

isaac-3

O portfólio completo do artista está disponível neste site.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

  • Repressão jamais será o caminho para o desenvolvimento pessoal em sociedade.

    Minha missão é influenciar e resgatar vidas pela energia de minha arte.

    Pago o preço, dou a cara pra bater!
    Estou no front de batalha.

    A causa é séria, a missão continua.

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.