Latrocínios à faca: internautas pedem “pena de morte” | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Latrocínios à faca: internautas pedem “pena de morte”

O vídeo do latrocínio a facadas registrado em Maringá, no dia 8 deste mês, e que vitimou Roberto Aparecido de Souza, 41 anos, segue repercutindo na internet. Ao ver a cena, internautas demonstram indignação e pedem “pena de morte”.

No canal do SarandiPR.com no YouTube, o vídeo atingiu mais de 42 mil visualizações até a manhã desta quinta-feira (25), além de muitos comentários.

Nossa mano q raiva essa pessoa q nem dá pra chamar de pessoa e sim de BICHO ele nunca vai pro céu e sim pro INFERNO q Deus acolha com muito carinho esse homem q morreu com essas 5 facadas q Deus o abençoe (sic) –, diz a internauta Cinthia Dudek.

Outros perfis pedem “pena de morte urgente”, e tratam o caso como “covardia”. “Temos que nos armar e matar esses vagabundos” (sic), diz Miltom Dalke. Acompanhe a repercussão do caso neste link.

Acusados

O principal acusado de esfaquear Souza e, em seguida, a travesti Cleidson João dos Santos, 24 anos, foi preso pela Polícia Civil na quinta-feira (25). Jeferson Jonatan Pires, 32 anos, o “Pico”, confessou o crime e disse ter consumido drogas e bebidas alcoólicas.

Na sexta-feira (19), outro envolvido, Éder Scorpioni de 20 anos, conhecido por “Pecado”, se entregou à polícia. Cunhado de Pires, e dono do carro usado pelo trio nos assassinatos, Edneu Sampaio da Silva, 27 anos, se entregou nesta terça-feira (23).

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.