“Beira-Mar” é preso por invadir mansão com Audi blindado, em Curitiba | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

“Beira-Mar” é preso por invadir mansão com Audi blindado, em Curitiba

A Polícia Civil do Paraná prendeu, no último sábado (20), Éder de Souza Conde, o “Fernandinho Beira-Mar do Paraná”, tentando invadir uma casa, em Pinhais. O imóvel, que já foi de Conde, está avaliado em mais R$ 1 milhão.

A residência fica num condomínio de luxo de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O imóvel foi confiscado e repassado à União por determinação judicial em junho de 2011, quando Conde foi condenado pelo crime de tráfico de drogas.

A Justiça entendeu que a residência foi comprada com dinheiro do tráfico e aguarda para ir à leilão judicial. Conde foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão.

Segundo a Polícia Civil, Conde sabia da proibição de habitar o imóvel. No entanto, ele mentiu aos seguranças do local para entrar na casa, e disse aos porteiros que havia resolvido as pendências envolvendo o bem e que traria “um chaveiro para trocar as fechaduras”.

Éder Conde foi detido pelas equipes do Cope (Centro de Operações Policiais Especiais), da Polícia Civil do Paraná, numa casa na Vila Nossa Senhora da Luz, no bairro Cidade Industrial, em Curitiba.

O mandado de prisão foi expedido pela 9º Vara Criminal de Curitiba. Com ele, os policiais apreenderam R$ 34 mil em espécie e um automóvel de luxo modelo Audi A6 blindado. O Cope abriu um inquérito para apurar a origem do dinheiro e também do carro.

baira-mar-do-parana-2

Condenado em 2010, Conde foi preso em 2015 com armas. Foto: Polícia Civil do Paraná.

Beira-Mar

Éder Conde foi preso em maio de 2010 em Curitiba durante a operação Ressaca, da Polícia Federal. Ele foi apontado como o “Fernandinho Beira-Mar do Paraná” devido a movimentação de drogas. Além dele, outras oito pessoas foram presas e 40 carros apreendidos.

Em abril de 2015, ele foi novamente preso, desta vez pelo Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público Estadual quando saía da Colônia Penal Agroindustrial.

Os promotores do Gaeco abordaram o carro de Éder Conde, o mesmo Audi A6 blindado, na BR-116, em São José dos Pinhais, e encontraram duas pistolas, uma submetralhadora, duas balaclavas e um colete balístico. Ele foi detido em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma, além de munição e carregadores.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.