Polícia do Paraná matou 200 pessoas em um ano | SarandiPR.com

publicidade - anuncie neste espaço

Polícia do Paraná matou 200 pessoas em um ano

A Polícia paranaense matou 200 pessoas, em 2014, segundo o 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O comparativo com 2013, quando 178 vítimas perderam a vida em função da intervenção policial, aponta aumento de 12,3%.

O 9º Anuário, o mais recente, foi lançado em novembro de 2015. O portal SarandiPR.com mostrou, na semana passada, que, segundo o mesmo documento, o número de policiais mortos no Paraná passou de cinco, em 2013, para 24, em 2014, aumento de 380% (leia aqui).

O comparativo do SarandiPR.com somou as mortes decorrentes da intervenção de policiais militares e civis do Paraná em serviço e de folga. O crescimento local acompanhou o registrado no Brasil, já que também houve alta em todo o país (detalhes abaixo).

A PM (Polícia Militar) foi a que mais matou. Foram 171 mortes, em 2013, para 192, em 2014, alta de 12,8%. Militares em serviço mataram 166 pessoas, em 2013, e 178, em 2014, aumento de 7,2%. Já os militares paranaenses fora de serviço mataram cinco 5 pessoas em 2013. Em 2014, houveram 14 mortes, alta de 180%.

O único índice com baixa foi o de policiais civis fora de serviço: foram três mortes, em 2013, ante duas, em 2014, queda de 33%. As mortes decorrentes da intervenção de policiais civis em serviço aumentaram 50%: 4 em 2013; 6 em 2014. No total, a Polícia Civil matou 7 pessoas no Paraná, em 2013, para 8, em 2014, alta de 14,2%.

letalidade_policial_paraná_2014_SarandiPR.com

Brasil

Em todo o Brasil, os policiais militares em serviço foram os que mais mataram, ainda segundo o 9º Anuário. Somado as polícias Militar e Civil, em todo o país, foram 2.202 mortes, em 2013, para 3.009, em 2014, alta percentual de 36,6%.

Outro lado

A assessoria de imprensa da PM do Paraná informou que, em função do feriado, não foi possível contatar o comando da corporação e comentar os números, hoje. A corporação disse que enviará nota ao portal na próxima segunda-feira (30).

O email enviado à assessoria de imprensa da Polícia Civil do Paraná não foi retornado até as 17 horas desta sexta-feira (27). As ligações feitas para a assessoria não foram atendidas, nem as feitas para a assessoria da Secretaria da Segurança Pública do Paraná.

Leia também: Número de policiais mortos aumenta 380% no Paraná, aponta estudo 

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos! Curta as redes sociais do SarandiPR.com.

Assine ao newsletter do SarandiPR.com e receba notícias, ofertas e novidades em primeira mão. É grátis.

Os comentários não representam a opinião do SarandiPR.com, mas, sim, de seus autores. Os comentários serão moderados para que, assim, nenhum conteúdo de cunho ofensivo, racista ou preconceituoso seja publicado nesta plataforma. No mais, toda opinião é sempre bem vinda.

Comentários

Cite o SarandiPR.com ao reproduzir conteúdos do site.

WordPress / CC 4.0 - Faça uma doação.